Archive for Julho, 2004

109131390579303228

Julho 31, 2004

04H15, Hotel Sheraton Center, Toronto.

Quatro corpulentos seguranças batem à porta do quarto em frente ao meu. Silenciosamente, apago a luz e espreito pelo minúsculo ocular.
Os risos femininos e a constante circulação de visitantes no corredor deve ter incomodado algum hóspede. A porta abre-se. Pela imagem distorcida do visor da porta consigo contar 6 jovens negras vestidas ao melhor estilo dos videos R&B do canal MTV.
Pedidos os B.I.’s e feitas as repreensões, o anfitrião da festa promete baixar os décibeis. A promessa não se cumpre e os seguranças voltam à carga, desta vez acompanhados pela polícia, pondo um ponto final na private party e expulsando as visitantes que, insatisfeitas, abandonam o corredor bamboleando as ancas em tom provocatório como só as negras sabem fazer.

Este foi um episódio isolado que consitui excepção numa curta estadia onde a ponderação, respeito e simpatia foram os melhores cartões de visita que encontrei. A cidade é limpa, ordenada, toda a recepção vem acompanhada dum sorriso e respira-se uma atmosfera liberal e descontraída, própria de quem sabe aproveitar o que a vida tem de bom.
A oferta lúdico-cultural é vasta, salpicando ruas e praças com concertos, exposições e constante animação, reforçada ainda por uma percentagem elevada de mulheres bonitas por metro quadrado.

No sábado à noite a cidade veste-se de glamour. Nas saias curtas e saltos altos delas, “bling-bling style”, e na roupa folgada e bijuteria rap deles é notória a forte influência do popstar look e da luxúria e ostentação omnipresentes nos videoclips MTV do género.

Tal como os ginecologistas, também eu trabalho onde os outros se divertem. Por isso, e por que o tempo não pára, já estou de regresso a Nova York para mais uma dose de interrogatórios, vistos, controles de segurança e muita, muita paciência. Gostei de Toronto e faço minhas as palavras de Schwarzenegger: “I’ll be back…”

109110300571101419

Julho 29, 2004

Estranho país este…São 19H45, hora local, quase meia-noite em terras lusitanas. A chegada à terra do Tio Sam não foi pacifica, como também não é o país. As primeiras impressões marcam sempre e os americanos substituiram o “wellcome” pelo “security reasons”, o que não arranca muitos sorrisos aos estreantes nestas paragens.

 Logo à chegada, no primeiro de muitos postos de controle, uma funcionária da alfandega com ar de sargento reclama e bate furiosamente com a caneta no balcão, indicando-nos uma linha do visto que faltava preencher. Depois do interrogatório cuspido em ritmo metralhante e monocórdico, conseguimos avançar. As filas de espera repetem-se e fazem parecer a entrega do modelo 1 do IRS um pequena amostra do que nos espera. Novo controle, novas perguntas, mais um raio-x, há que tirar cintos e sapatos, os mais suspeitos são obrigados a tirar fotos à iris e impresões digitais para posterior identificação – o Big Brother em todo o seu esplendor vai-nos esgotando os nervos. Para acalmá-los há quem procure o alívio no fumo dum cigarro – em vão. Ninguém fuma. Não há qualquer sinalética indicadora dos habituais guethos para fumadores frequentes nos grandes aeroportos internacionais. Não era esta a terra da liberdade?…

Como cordeiros para o matadouro, os passageiros avançam lentamente e qualquer desvio, paragem ou hesitação nas filas é de imediato corrigida pelos zelosos funcionários com uma sonora voz de comando. Os sorrisos escaseiam e a resignação ao sistema é geral. Curiosamente, o primeiro sorriso que se nos depara é o do presidente Bush, qual spot da Colgate, num pequeno retrato que ornamenta a saída da área de controle de vistos. Abundam as bandeiras estreladas, numa afirmação orgulhosa de nacionalismo renascido após a tragédia do 9-11. Numa parede, leio um aviso intimadatório que previne que os Estados Unidos tudo farão para defender o seu país e, por ironia ou real necessidade, mesmo ao lado encontra-se um disfibrilador pronto a actuar. Mais adiante, constato que existe um destes aparelhos a cada 100 metros, o que me leva a questionar se tanta gente sucumbe neste aeroporto e porquê. A resposta vem alguns corredores mais adiante, onde nos restaurantes de fast-food, multidões esfomeadas comem e bebem como só os americanos sabem fazer – em absurdo excesso. A 2 metros da caixa de pré-pagamento dum destes verdadeiros festivais de colestrol e hipertensão, um cartaz com uma foto de uma criança obesa previne sobre os malefícios dos produtos vendidos mesmo ao lado.

Um país de contradições e excessos, onde o medo e o consumo convivem em putrefacta harmonia e onde a descriminação e a liberdade são duas faces do mesmo dólar, onde a glória externa que nos chega pela fábrica dos sonhos – hollywood, é um cobertor demasiado pequeno para uma nação descoberta de valores humanos e trémula de receios impostos. Felizmente, na porta 108A, só mais um posto de controle me separa do meu próximo destino – Toronto.

109078226761201056

Julho 25, 2004

ÚLTIMA HORA:

– Sem efeitos de luzes, sem maquilhagem, sem pós-produção digital – Toda a verdade sobre o corpo de Britney Spears, apanhada a tostar a febra na praia da Meia-Laranja, em Leça.  [PICS]

– A popstar anda numa fase mais extrovertida, mas nem por isso original. Eu diria mesmo que já vi isto em qualquer lado… [PICS]

– Depois da praia,  a moça foi ainda à Piscina das Marés e acabou a noite numa varanda do Paço da Boa Nova, em cenas pouco dignas.  Dizem as más linguas que vai casar em Perafita. [PICS]

Joga a versão virtual de algo que já todos fizemos no trabalho. [GAME]

– A Barbie trocou o Ken. Imaginem por quem?… [WTF?]

– Debaixo de água, dá-lhes com força! [GAME]

– Queres saber exactamente quando vais morrer, aprender a escrever árabe em 3 segundos ou mudar de sexo num ápice?…eles tem solução para tudo. Vem conhecer a nova Medicina Radical! [WTF?]

– O corpo como tela. Ou algumas ideias para o próximo Carnaval. [ART]

– Na última visita à sex-shop ficaste na dúvida sobre a utilização de alguns “brinquedos”? Agora podes experimentar aqui antes de comprar. Quem é amigo?… [NSFW]

109053677527014946

Julho 22, 2004

Mantendo a secular tradição, o Kukas brinda os seus visitantes com mais uma série de links que tem tanto de inútil como de divertido. São sites de consulta rápida e descomprometida, que contribuem para o decréscimo da produtividade laboral e fomentam a coçadela do saco escrotal.  Sirvam-se sem moderação:

– No ténis, temos kovas mais antigas e kovas mais recentes. Quais as melhores? [PICS]

– Isto queriam elas!! [PIC]

Esquiva-te! [GAME]

– T-shirt’s para que gosta de fazer a diferença. [COM]

– Indeciso para o próximo Carnaval?… – aqui fica uma má sugestão. [PIC]

– Eu tenho algumas dúvidas, mas aqui ficam as 6 fantasias sexuais femininas mais frequentes. [LINK]

108992644459031549

Julho 15, 2004

Após pedidos desesperados de várias famílias, o Kukas está de volta.
Sai mais uma dose:

– Com ou sem viagra, testa a tua virilidade. [GAME]

– Toda a verdade sobre os prazeres do ciclismo. [NSFW]
 
– Dia da final do Euro2004. O autocarro da selecção segue para o Estádio da Luz, saudado por milhares de populares. Um motociclista , em sentido contrário repara também no autocarro. Resultado?…Este. [VIDEO]

– Tiro neles à moda antiga. Cuidado – Altamente aditivo. Dá-lhe! [GAME]

– O Orgasmo não é igual em todo o mundo. Vê e ouve as diferenças. [FLASH]

– Farto do 69, canzana, missionário e as outras posições mais conhecidas? Aceita uma sugestão e varia o mais possível. [LINK]

– Golos e Bloopers – o melhor do futebol. [VIDEOS]

– Concentra-te, põe o som alto e encontra as 3 diferenças. [GAME]

– Taco, bola e alguma pontaria: CrazyGolf. [GAME]

– Passas muito tempo em aeroportos? Aqui está um modo divertido de passar o tempo. [FUN/AUDIO]

– Objectos estranhos continuam a ser encontrados nos palácios iraquianos. [PIC]

– Vota nas novas 7 maravilhas do mundo. Atenção – site incompleto – falta o Estádio do Dragão. [LINK]

– Últimas “spy pics” do mais recente video de Britney Spears. E a verdade é que já a vi melhor vestida. Sim, que a apreciação aqui remete-se exclusivamente à indumentária, que isto é um blog sério. [PICS]

108881854923826526

Julho 3, 2004

Em primeiro lugar, há novidades na Galeria de Adeptos (link aqui à esquerda) incluindo o nosso Quinas com uma companhia bastante suspeita e mais não digo… E enquanto não chega Domingo e como temos de controlar a ansiedade, fiquem com estes ansiolíticos:

2 argumentos capazes de fazer um padre apedrejar um vitral. [NSFW]

– Um jogo de golfe onde a passarada dá uma ajuda. [GAME]

– Para quem tem que soltar uns gazes sem afugentar os que o rodeiam (muito útil nos dias que correm) [GADGET]

– Porque não juntar o melhor de dois mundos?… [PUB]

– Reguada ou chupadela – a educação do futuro. [NEWS]

– Consequências dum beijo duma bela mulher….ao vivo e em directo. [VIDEO]

– Como começa e acaba uma raveparty.[NSFW]

Isto hoje está muito libidinoso…vou ficar por aqui antes que me fechem o tasco por atentados múltiplos ao pudor e decência.