Bloodline

Um ensaio brutal, mas obrigatório
sobre o avanço da Sida no continente africano

(Mais fotojornalismo multimédia aqui)

Technorati , , ,

Uma resposta to “”

  1. Bárbara Novo Says:

    Intenso. É um óptimo retrato do desespero silencioso perante a inevitabilidade e a impotência…

    Já agora, parabéns pelo blog, é viciante.😉

    LeStrange

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: